O dia não vem triste

Cada dia é um Jardim de opções com cores e aromas variados dados por Deus a cada um de nós. A tristeza só vê espinhos, Aproveitemos o belo!Chega a Segundona, meu corpo não está tão tranquilo como deveria, não se encontra cansado, mas só sabe falar ‘basta’, como se fosse um copo cheio que não cabe mais nada.

Sei que preciso me movimentar, trabalhar, pensar… mas o corpo e de alguma maneira a própria segunda diz “nada de novo, não me dê fadigas…”

Se faço o que o corpo me diz, não sinto cheiro, não vejo cores, não entendo o novo e não me abro, não me ligo…

Ai me vem Aquele que é sempre novo, engenhoso, criativo e forte. Duma maneira tal que não me é estranho nem exterior, vem como um amigo de infância conhecedor dos meus menores e maiores esforços… e diz mostrando como viver a cada dia.

E cada dia não é obscuro, não é espinhoso, não é cinzento, não é ofensor ao meu olfato. Deus me dá um dia como um belo e grandioso jardim de opções as quais eu posso escolher, é verdade, eu posso escolher, isto é maravilhoso e gostoso.

Obrigado pelo Jardim de Hoje meu Belo e Amado Deus.
Tu és Lindo meu Santo Senhor.
Eu te Amo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s