O Sentido e as Coisas

Percebo que as coisas existem
elas me chamam a atenção
querem de mim o meu eu
desejam os meus sentidos
as vezes brigo com eles

as imagens veem aos meus olhos
querem trancá-los em si
envolvem minha visão
reclamam minha atenção

as existências me clamam
querem ser vistas
desejam ser lidas
e meus sentidos como soldados de chumbo seguem
meus olhos e minha audição parecem os peões do xadrez
vão a frente se entregando primeiro

as imagens nem sempre são doces
muitas são amargas
outras são piores
vestem-se de mel

os objetos encantam
as coisas gritam
o existente berra
imperam em mim
querem minha atenção
arrolam meus sentidos

querem meus olhares
buscam meu olfato
amam meu ouvir
detestam minha ignorância
enamoram minha atenção
desejam minhas carícias

sonham com meus passos
choram minha distância

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s